Wednesday, November 22, 2006

FALA
alguém bate à minha porta
sem a força
de quem tem vontade de entrar
sem a força
de quem tem vontade de encontrar

abro lentamente e vejo que é você
nossas palavras sobrepostas,
risos e beijos de outrora
dão lugar ao ranger da dobradiça
e à chuva que começa a desabar
nos meus olhos agora

apenas deixei você entrar
ao invés de convidar

mesmo assim, presto atenção
nos que os seus lábios trêmulos
se esforçam em pronunciar

de tudo o que eu consegui decifrar
eu tive medo é das palavras
que você não disse.

1 comment:

Daisy said...

Sim, sim, as palavras que vc não disse... isso é o que dói, algo mal resolvido dentro de mim, migooo vou copiar teu texto e colar no meu blog proutra pessoa ler, tá bom ehhe, bjão