Friday, March 17, 2006

TINHA MEDO DO SILÊNCIO.
Me preocupava demais com a falta de assunto. Ficava pensando - será que sempre teremos assuntos em comum? Será que sempre teremos novidades pra contar um para o outro? Ou reclamações a fazer? Política, esportes, gripe aviária. Passei o dia fuçando jornais, revistas, observando pessoas na rua, tudo para ter o que falar quando encontrasse você. Ou melhor, para que não ficasse sem ter o que falar. Aconteceu. Era inevitável. Mas ainda bem que inventaram o beijo. Uma das poucas coisas que é impossível fazer ao mesmo tempo em que se fala.

2 comments:

Jazz said...

que lindo esse post...

tentei responder o teu email, mas voltou.
qquer dia desses a gente combina alguma coisa.
beijo

gus bozzetti said...

com esses teus textos tu tá precisando arranjar uma diretora de arte pra te salvar...