Friday, August 27, 2004

PEQUENA HISTORINHA DE DOIS DESCONHECIDOS
Ela enxuga o rosto com a manga do casaco que tem sua ponta mais escura por já estar completamente molhada de lágrimas. Ela o olha com um olhar de quem pergunta "Porque você está fazendo isso comigo?". Ele, cabisbaixo, repara nos detalhes das pedras decorativas da calçada, uma preta, uma branca, formando um mosaico complexo e desordenado, assim como os seus pensamentos sobre ela.
Ela grita, perguntando "por quê?". Ele respira fundo e continua no seu mundo quase autista que se resume a ele e as pedras em preto-e-branco. Parece que vai dizer algo. O ônibus arranca e eu nunca mais os vejo. Fico pensando se vai haver uma pequena história na próxima parada.

No comments: