Monday, June 14, 2004

BLUE GIRL
Em dias frios e cinzentos, visto-me de cores escuras da cabeça aos pés. Não porque eu goste de roupas escuras, mas porque as roupas de inverno são, em sua maioria, em tons de preto ou marrom. Não fui eu que inventei que a jaqueta devia ser preta, nem que o gorro devia ser azul-marinho. O céu é cinza e as pessoas saem às ruas fantasiadas de corvos e urubus. A culpa seria das indústrias têxteis? dos estilistas? dos consultores de moda? Não interessa. Só sei que eu fico me sentindo como se fosse um boi que não consegue distinguir as cores, que enxerga tudo como se estivesse assistindo a uma TV preto-e-branco comprada na última liquidação da manlec por 49 reais. Um terrível pesadelo. Um pesadelo que duraria até agosto ou setembro. Mas que, graças a deus, termina assim que vejo a menina de azul turquesa que vem caminhando em minha direção. Ela não merece um beijo?

No comments: