Tuesday, May 25, 2004

QUALIDADE OU DEFEITO?
Boa essa brincadeira. Diga algo sobre você e eu respondo se eu acho que é uma qualidade ou defeito. Se bem que, com você, não dá pra brincar. Não dá mesmo. Por exemplo, teu jeito desengonçado de andar, como se estivesse aprendido a caminhar há menos de um mês (sendo que eu te conheço há mais de um mês e você já sabia caminhar). Desse jeito desequilibrado, mas sabia. Não sei se isso é uma qualidade ou um defeito. Eu acho um charme. Próxima.
Tuas gargalhadas. Difícil. Você, quando ri, parece que vai se engasgar, é uma mistura de soluço com convulsão, sem falar que seu rosto fica todo desfigurado. Eu me arriscaria a dizer que é um defeito. Mas eu gosto muito. Demais. Sinto falta das tuas gargalhadas, a ponto de ficar bolando dezenas de piadas infames pra te contar todas de uma só vez quando te encontrar. Neste momento, classifico-as como uma qualidade. Neste momento, não podemos brincar de "qualidade ou defeito". Porque além de eu não saber jogar direito e não entender todas as regras, eu vou roubar muito.

No comments: